Durante o treinamento com atletas identificamos que nosso esporte desenvolve valências que podem ser aproveitadas de maneira substancial nas organizações, preparando seu corpo de trabalho para os novos desafios apresentados pelo mercado. Mercado esse que exige versatilidade, objetividade e adaptação as mudanças constantes de cenário.
Por ser um esporte individual, já que o arqueiro dispara suas flechas sendo responsável pelo seu sucesso ou fracasso e ao mesmo tempo, esse resultado concorre para o sucesso ou fracasso de sua equipe, entendemos que situação semelhante acontece nas organizações. Desenvolver o senso de equipe e pro atividade se torna indispensável para enfrentar os novos tempos.
Formado em Administração de Empresas, Renato Emilio, junto a seu filho Fábio , desiner, vem se dedicando a repassar a filosofia do arco de forma lúdica e efetiva a diversas organizações, contribuindo de forma significativa ao desenvolvimento de expetises em valências tais como:
pro atividade, visão, missão, identificação e foco nos objetivo da empresa, qualidade passo a passo, desenvolvimento de planejamento estratégico, entre outros.
O arqueirismo lida com gente. Gente que quer evoluir de maneira constante, vencendo seus desafios pessoais. Não há arqueiro que não queira ser melhor. Isso não lhe parece familiar aos objetivos das organizações para com seu RH? As pessoas são a alma da organização. A organização é feita de gente. Sem ela a organização é um prédio sem alma. As pessoas são o centro, o alvo e o objetivo de tudo. Sejam elas colaboradores ou clientes.
Pense no arqueirismo como forma efetiva de levar conhecimento consistente a alma de sua empresa. Seus colaboradores. Deixe-nos contemplar um futuro organizacional que sua organização almeja. Entre em contato e teremos o prazer de compartilhar nossa experiência de 15 anos levando a organizações novas ferramentas de aprimoramento a seus colaboradores.